segunda 22 de dezembro de 2014

7ª Bienal SESC de Dança

Blog »

8 set 2011 | um comentario

O Núcleo de Pesquisa do Movimento – Imaginário Coletivo de Arte – transformou a atmosfera do Emissário Submarino com a sua intervenção, ontem, na Bienal SESC de Dança 2011.
Em Homo Ludens – Fluxos, Lugares e Imprevisibilidades o jogo da improvisação na dança é o ponto de partida para a criação de intervenções urbanas. Os gestos instigam um novo olhar sobre a paisagem, os movimentos dos intérpretes no ambiente quebram a rotina e conduzem a uma reflexão sobre a transformação do espaço.
A última apresentação do Núcleo aconteceu agora pouco na Praça …

Blog »

8 set 2011 | Sem comentarios

O espetáculo Girassóis é inspirado em Van Gogh que, por meio de um código de cores, linhas e composições revela como o artista vê o mundo que o rodeia e transforma a natureza observada em sensações.

A Cia. Druw busca trabalhar essas experiências sensoriais, criar e recriar a dança contemporânea de maneira lúdica para o público infantil.
Última apresentação hoje às 17h no Teatro Brás Cubas
Assista trecho da apresentação de ontem:

Blog »

7 set 2011 | Sem comentarios

Durante mais de 1 hora e meia o pesquisador Peter Pál Pelbart e o artista Marcelo Evelin, diretor do espetáculo Matadouro, debateram o corpo como suporte e suas diversas maneiras na concepção do processo num espetáculo de dança.
Com o Conversatório lotado nesta manhã de feriado colocaram provocações ao público: ‘O mais assustador pode ser o mais promissor’ Peter Pelbart citando Nietzsche e complementa ‘Não sabemos onde o corpo pode chegar’.
Para  Marcelo Evelin ‘Qual é a melhor escolha a insistência ou resistência como um processo de construção?’.

Blog »

7 set 2011 | Sem comentarios

Algumas imagens dos espetáculos e intervenções na Bienal SESC de Dança 2011, que mudam a rotina da cidade de Santos e da unidade do SESC.
Créditos das Fotos: Roberto Assem

Blog »

7 set 2011 | Sem comentarios

A apresentação de Germaine Acogny encanta por sua simplicidade, em ritmos lentos e gestos marcantes. A dança-escárnio é uma tradição ainda muito viva em todo o oeste da África, que permite ao artista fazer piadas sobre si mesmo, sem poupar os outros.
Direção artística e interpretação Germaine Acogny
Coreografia Germaine Acogny e Pierre Doussaint
Última apresentação, hoje às 21h30 no Teatro do SESC Santos.

Blog »

6 set 2011 | Sem comentarios

Máscaras de espuma, criadas por Duda Paiva, um dos diretores do espetáculo, dão a impressão de que são uma amedrontadora escultura, que nos compõe.
No espetáculo Objetos Gritantes, os intérpretes Ditto Leite e Mauricio de Oliveira encenam movimentos fortes que colcam em questão o papel do artista das artes cênicas em sua busca permanente por uma razão primordial de existência.
A direção é de Duda Paiva e Mauricio de Oliveira.
Assista um trecho da apresentação que aconteceu no Teatro Guarany: